InícioGaleriaRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Expo-Sapateira (06ABR2014)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Cobra

avatar

Mensagens : 2449
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Expo-Sapateira (06ABR2014)   Dom 06 Abr 2014, 23:01

Mais um dia cheio... como as sapateiras!



track: http://www.gpsies.com/map.do?fileId=kgazdhnbbnfersmm

Início: 06.04.2014, 6:51
Fim: 06.04.2014, 21:57
Distância: 635kms
Movimento: 9:44:32
Parado: 5:22:03
Total: 15:06:35
Altitude Mínima: 1m
Altitude Máxima: 561m

<60km/h: 14,0%
<100km/h: 58,2%
<150km/h: 27.8%




E de seguida venham os relatos e fotos como é costume!

Cumps!

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
André Lino

avatar

Mensagens : 270
Data de inscrição : 16/08/2010

MensagemAssunto: Re: Expo-Sapateira (06ABR2014)   Ter 08 Abr 2014, 11:04

Venham elas!
E as fotos também...  lol! 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cobra

avatar

Mensagens : 2449
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: Expo-Sapateira (06ABR2014)   Qui 10 Abr 2014, 20:35

Depois de uns dias bem chuvosos, e com uma previsão de 24ºC para Domingo lembrei-me de "convocar" o Barradas para uma passeiozito.

Primeiro ocorreu-nos uma ida à Expomoto… E pensando melhor, se calhar não…
Há anos que aquilo anda moribundo… Deixei de dar para esse peditório… Tempo e dinheiro perdido. Mas enfim vamos a coisas boas…
Dizia eu que desafiara o Rui para uma voltinha, tipicamente para Sul, uma vez que há cerca de 15 dias tínhamos andando pelo Centro/Norte (ver: Rota do Açor/Aldeias de Xisto.
Ele fala-me de Mourão, e eu respondo com uma ida ao Pulo do Lobo, pelo lado de Mértola. Mas nem um, nem outro estávamos muito convencidos.
Finalmente diz-me ele: "então e isto?"



Óh rapaz, do que te foste lembrar… Fechado, venha a sapateira… E fica explicado o título da crónica e passeio…

Com o destino escolhido, falta apurar a rota… O Barradas começa-me a enviar esboços de percursos, alguns até à ponta de Sagres.

Mas para ir a Sagres é preciso tempo, e depois não há sapateira… E eu está-me mesmo a apetecer uma sapateira, porra!…

Devolvi-lhe o esboço sem a ida a Sagres, mas com um desviozito para o interior e regresso pela N2… O que permitiria fazer as curvas da Serra de Monchique, cheirar um pouco da Serra do Caldeirão e fazer um belo troço da N2 de Almodôvar a Montemor… Está feito, 600 e tal kms a rolar!

6h45 de Domingo de manhã, pela fresca, hora da primeira fornada, lá seguimos pela A2 até à Marateca… Estava um sacana de um nevoeiro…

Depois sempre por nacionais fomos nos aproximando da Costa.

Passagem pela comporta, depois por Sines, onde fizemos uma paragem para abastecer a mota do André...




gasta pouco, mas abastece muito.


rocket?... hoje não veio.

Siga para Porto Covo, e só uma raras vezes vi-mos o Sol a espreitar… Onde está o bom tempo e os 24ºC anunciados???...

Em Vila Nova de Mil Fontes, descemos às Furnas para espreitar aquilo... O tempo parecia querer estar a mudar... para melhor.








foto de família, tinha de ser!




sexy, sexy...

Junto à Zambujeira, o céu finalmente começou a abrir e a exibir o seu bonito tecto azulado.



Aproveitámos e fomos tirar umas fotos.

_________________


Última edição por Cobra em Qui 10 Abr 2014, 20:36, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Cobra

avatar

Mensagens : 2449
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: Expo-Sapateira (06ABR2014)   Qui 10 Abr 2014, 20:36













Depois descemos à praia, o Barradas tinha ali um "atalho" no GPS… Atalho rima com trabalho, e com tudo o que acaba em alho…
Metemo-nos por uma estradão fácil que fizemos sem dificuldade… Mas às tantas o GPS do Rui decide enviar-nos pela selva…



Problema é que dali para à frente o caminho transformava-se em areia fofinha…





Não que não se fizesse, mas estávamos de barrigas vazias e não nos apetecia fazer levantamento de peso do chão antes do almoço.

Decidimos mandar o GPS pró alho… e dar meia-volta.

Voltámos a encarrilar na estrada e optámos por fazer uma paragem na praia do Carvalhal, que se encontrava vazia por sinal…





Aqui o pessoal dedicou-se à procura do marisco...



E ao equilibrismo...









E finalmente o almoço…

continua...

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
ruimbarradas
Padeiro-Mor
avatar

Mensagens : 2047
Data de inscrição : 23/04/2009

MensagemAssunto: Re: Expo-Sapateira (06ABR2014)   Sex 11 Abr 2014, 21:28

Estava eu indeciso na escolha de qual o fim de semana em que me despediria por uns tempos dos passeios de mota, quando o Daniel me lançou o convite para uma volta.

Inicialmente falou-me numa ida à Expomoto, mas francamente como nesta altura não estou comprador de nada, não me despertou o interesse. Além disso também não estava com disposição para circular de mota pela A1 ou N1 num dia que é propício a tanto movimento e tanta fiscalização...

Na realidade também o Daniel me pareceu pouco interessado numa ida à Batalha. De tal modo, que logo avançou com uma proposta de passeio pelo Alentejo.
Eu falei-lhe na hipótese de uma ida a Mourão. Por ali come-se bem, mas o percurso estava a parecer-me curto. Não que não saiba bem fazer "poucos" Kms, mas prefiro as habituais tareias de 500, 600 ou 700 Kms.
Sair de casa de noite e de noite regressar, depois de uma boa almoçarada e 3 depósitos de combustível gastos tem sempre outro sabor. Além disso, haja alguém que impulsione a economia deste país... ou não!  Smile

Logo o Daniel apontou como alternativa uma ida ao Pulo do Lobo. Mas ir ao Pulo do Lobo e não almoçar no Molh'ó Bico (Serpa) é quase um crime de lesa-pátria!
Como o tempo para um almoço condigno em Serpa seria apertado e porque andar de mota com a barriga vazia não é coisa que a minha saúde permita, logo me lembrei que uma mariscada pelos lados da costa Alentejana seria sempre uma alternativa viável.

Lá me dediquei aos mapas, mas o sacana do Google Maps com a sua nova versão não estava a colaborar. Entretanto o Daniel sai-se com um desenho deveras interessante, com passagens por locais que há muito gostaria de conhecer, como por exemplo o troço Monchique - São Marcos da Serra.
A coisa prometia e logo lhe dei o OK.

Acertado um ou outro "pelo púbico" no que ao trajecto diz respeito e estavam reunidas as condições para uma bela passeata... como se eu fosse um gajo esquisito, quando me falam em laurear a pevide!  Smile


Às 6H30 da manhã de Domingo já eu estava a matar a sede à Tigresa na Galp do Fogueteiro. Se fosse para trabalhar, certamente não contavam comigo tão cedo!

Uns 10 minutos depois chegavam o André e o Daniel e não se passou muito tempo até que nos fizéssemos à estrada.
Não contava com tal nevoeiro, pelo que acabei por apanhar ainda algum fresco pelo caminho. O nevoeiro era tal que em determinado momento comecei a sentir as calças molhadas. E não era da incontinência provocada pelo factor medo, vos garanto!

A2 até à Marateca, IC2 até Alcácer e daí em direcção ao Mar até chegar à Comporta.
Como são poucos os doidos que se fazem tão cedo à estrada a um Domingo, acabámos por só conseguir beber café em Santo André.



Algumas recordações:



Dali seguimos pela via rápida até Sines. De salientar que esta via rápida é uma autêntica vergonha.
Há pelo menos um ano e meio que a conheço em “obras”, que não realidade não são obras. Limitam-se a ter uma das faixas de rodagem de cada sentido de trânsito vedadas e com velocidade limitada a 50 Kms/H.

Seguimos então sempre junto à costa por S. Torpes e Porto Covo até Milfontes.
Ao passar a ponte por cima do Rio Mira questionei o Daniel pelo intercom se já conhecia as Furnas.
Como também eu já lá não ia há um par de anos, juntou-se o útil ao agradável.




Daqui temos uma vista privilegiada para Milfontes.






O Daniel a preparar o artístico e o André a dizer que ia para aquele lado dar um mergulho:



Depois das fotos da praxe, lá nos montámos nas máquinas e seguimos em direcção à Zambujeira do Mar.







Siga, que o caminho é por ali pela esquerda:



E é esta a máquina que me vai levar pelo estradão:



Depois de um bom estradão e mais um caminho meio manhoso, lá chegámos à Praia do Carvalhal.
O André a pousar para a foto:



Ui, que ainda vou ter que me rir à conta de um tralho do artista:






Quem é este emplastro?



Vamos é à procura de almoço antes que fiquemos sem mesa…

Depois de um improviso por parte do GPS que nos meteu por um caminho que certamente não acabaria da melhor forma, lá encarreirámos novamente pelo alcatrão até chegar ao tasco:



Ehh pá, isto de vir à Expo-Sapateira cansa à brava!



Enquanto as meninas esperavam lá fora, tivemos um dilema para resolver:



O ideal é ver o que está melhor…
Será a salada de polvo? Estava deliciosa, é certo!



Esta tipa decidiu cortar-me um dedo, de forma que tivemos que lhe dar umas marteladas:



Eu até prefiro comer coisas sem pelos Smile, mas estes “bigodes” não estavam nada maus!



Toca a despedir do mar, que em breve apontamos agulhas para o interior da serra Algarvia.



Depois de uma paragem em Rogil para abastecer as máquinas, chegando a Aljezur embicámos para o lado de Monchique, passando por Marmelete, onde o Daniel apanhou um arrepio que o deixou branco…
A meio de uma curva, passei por cima de algo no piso que provocou uma ligeira escorregadela da minha Tiger, mas o Daniel deve ter passado mesmo no meio do “lixo”, o que fez que a sua Tiger mandasse uma valente sacudidela ao ponto de quase sair fora da sua faixa de rodagem.
Sorte que tudo não passou de um susto e que circulávamos devagar – sim, como sempre!

De Marmelete a Monchique e de Monchique a São Marcos da Serra, o festival de curvas é tal que nem deu para fotos.
Chegando a S. Marcos da Serra, entra-se no IC1 em direcção a norte mas percorridos uns 4 Kms, viramos à direita em direcção a Este, por uma estradinha maravilhosa sempre pela serra, passando por S. Bernabé e Curvatos até que chegamos à mítica N2 que vem de S. Brás de Alportel para Almodôvar.
De lamentar que nesta época a N2 esteja “suja” não permitindo usufruir daquele autêntico parque de diversões que as suas curvas proporcionam.

Como o calor apertava, chegando a Almodôvar, fizemos uma paragem para beber uma água e dali seguimos sempre pela N2 passando por Castro Verde, Aljustrel, Ervidel, Ferreira do Alentejo, Odivelas e Torrão.

À saída do Torrão, parámos apenas para estivar as pernas e contemplar a natureza – há quem lhe chame mudar a água às azeitonas. Smile





Lá tinha que estar a Tiger da cor errada a estragar a foto Smile



E lá saiu mais uma série de curvas até Montemor, passando por Alcáçovas.



De Montemor a Vendas Novas é pulinho e Vendas Novas rima com bifana:



Cheguei a casa já passava das 22H00, com 650 Kms percorridos e de barriga cheia…
Barriga cheia de curvas, marisco, bifanas, Kms e boa camaradagem.

Não me canso de dizer, com amigos assim é bom passear!
O André é um excelente companheiro e quanto ao Daniel nem vou fazer comentários. Os últimos 5 anos com tantos Kms percorridos na sua companhia, falam por si!

Caros companheiros, por algumas semanas farei um interregno nestas andanças das duas rodas, mas já anseio pelo regresso…

Até lá!

_________________
Rui Barradas


Voltar ao Topo Ir em baixo
http://comandopadeiros.livreforum.com
JJ Silva

avatar

Mensagens : 45
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Expo-Sapateira (06ABR2014)   Seg 05 Maio 2014, 14:28

Mais uma excelente padeirada. Talvez possa ir para a próxima.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Expo-Sapateira (06ABR2014)   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Expo-Sapateira (06ABR2014)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Expo-Sapateira (06ABR2014)
» Expo'Ninjas (Vila do Conde 12/13 Set)
» Petição/Abaixo assinado pela ExpoMoto!
» 24.ª Exposição Canina Internacional de Elvas
» EXPOMOTO NA BATALHA - 3 a 6.Abril.2014

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Comando Padeiros - Mototurismo em Horários de Padeiro :: COMUNIDADE :: Crónicas de Passeios-
Ir para: